Johannes Janzen


  S E G U N D A - F E I R A ,   1 3   D E   J U L H O   D E   2 0 1 5




Por VERN POYTHRESS

Nicolau Copérnico é famoso por ter desenvolvido a teoria que o sol, não a terra, está no centro do sistema planetário. Por outro lado, a abordagem astronômica padrão do seu tempo, chamada de sistema de Ptolomeu, dizia que o sol, a lua, os planetas e as estrelas giravam em torno da terra.

Copérnico louvou a Deus pelas suas descobertas, conforme mostram as seguintes citações:

O Universo foi “construído para nós pelo Melhor e Mais Ordenado Artífice de todos.”

“Quão extremamente fina é a obra divina do Melhor e Maior Artista.”

Ambas citações vêm de sua obra principal, “A Revolução das Esferas Celestiais”, que foi publicada no momento de sua morte. (Ele morreu pacificamente, ao contrário da sugestão do livro de Dan Brown.)


  Palavras-chave: Nicolau Copérnico, cientista, cosmovisão cristã, cristianismo

Enviado por: Johannes Janzen  |  2016 views   

   Postagens relacionadas


   Deixe aqui seu comentário

Nome *:
E-mail *:
  (não será publicado)
Título:
Texto *:
Texto da Imagem *:
  (sem espaços)
 

   Comentários (3)

A teoria heliocentrica "criada" por Copérnico que nem cientista era, e a mágica chamada gravidade, veio para sustentar toda esse mentira. Criacionismo só é completo com a terra plana segundo Gênesis 1
Heliocentrismo [Helios, deus do Sol] é uma iniciação maçonica a adoração Solar, a mesma coisa que era ensinada nas escolas dos mistérios de antigamente. Por isso que planetas tem nomes como "Júpiter" e "Vênus", deuses Romanos que não tem nada a ver com ciência.

O objetivo da maçonaria é mentir publicamente e manter a verdade sobre a custódia desses adoradores do sol.

"Todo o mistério deve ser mantido escondido, guardado por fiéis em silêncio, para que não se divulgue inconsideravelmente a os ouvidos dos Profanos... Não é dado a todos a contemplar as profundezas de nossos mistérios, que não pode ser visto por aqueles que não deveria contemplá-los; nem recebido por aqueles que não podem preservá-los." - Albert Pike, Maçom grau 33, Morals and Dogma

Gravidade é um deus falso.

Gravidade é a resposta pra tudo que os "experts" não conseguem explicar na terra bola giratória.

Como que a terra orbita o sol? Gravidade.
Como que a lua orbita a terra? Gravidade.
Como que somos fixados na terra? Gravidade.
Como que oceanos são fixados no globo? Gravidade.
O que causa as marés? Gravidade.
Por que estrelas viajantes chamadas de "planetas" andam em relação as estrelas fixas das constelações? Gravidade.

Já perceberam que os desenhos ou composições gráficas dos "planetas" tem nomes de deuses Romanos e Gregos como Mercúrio, Marte, Júpiter, Netuno e Saturno?

Quando dizem que "gravidade" é a causa, podem muito bem estar dizendo "Deus é a causa". A crença em gravidade não tem nada a ver com ciência mas tudo a ver com religião. E depois dizem que ciência e religião são contraditórios quando dependem da mesma fé no que não pode ser observado.


Enviado por: Rogério  |  Data: Qua, 05/04/2017 às 08h29   

Copérnico era um jesuítas ocultista...Aliás todos os jesuítas são ocultistas
O modelo heliocentrista é culto ao sol disfarçado de ciência e astronomia. Helios é a personificação do sol na mitologia grega.

Se planetas realmente existissem, teria mais lógica nomes científicos, e não nomes pagãos que eram adorados milhares de anos atrás.

JURAMENTO dos JESUÍTAS

“Eu..., em presença de Deus Onipotente, e da Bem-Aventurada Virgem Maria, do Bem-Aventurado São João Batista, São Pedro e São Paulo..., declaro e juro que Sua Santidade o Papa, é vigário de Cristo e único verdadeiro chefe da Igreja Católica ou Universal em toda a terra...”.

“Assim, pois, com todas as minhas forças, defenderei esta doutrina e os direitos e os costumes de Sua Santidade contra todos os usurpadores heréticos ou autoridades protestantes... e de todos os aderentes a quem se considera hereges e usurpadores, inimigos da Santa Sé ou Madre Igreja de Roma”.

“Prometo e declaro que farei quando se me apresente oportunidade, guerra sem quartel, secreta ou abertamente, contra todos os hereges e protestantes, tal como se me ordene fazer, extirpá-los-ei da face da terra, que não tomarei em conta, idade, sexo, ou condição, que enforcarei, queimarei, destruirei, envenenarei, cegarei, estrangularei vivos esses infames hereges; abrirei o ventre das suas esposas e baterei com a cabeça de seus filhos na parede, a fim de aniquilar execranda raça”.

“Que quando não posso fazer isso abertamente, empregarei secretamente a taça de veneno, a estrangulação, a aço do punhal, a bala de chumbo sem ter consideração à classe, dignidade ou autoridade das pessoas, quaisquer que sejam...”.

“Para isso consagro-lhe toda a minha alma e todas as minhas forças físicas e com a adaga que recebo agora, escreverei meu nome com sangue em testemunho deste juramento, se manifestar falsidade ou tibieza em minhas determinações podem meus irmãos camaradas, soldados da milícia do Papa, cortar as minhas mãos e meus pés, enforcar-me, abrir meu ventre e nele queimar enxofre e aplicar-me todos os castigos que se possam conceber e executar sobre a terra e que a minha alma seja torturada pelos demônios nas chamas infernais para todo o sempre”.

***Traduzido do “CONGRESSIONAL RECORDS” (REGISTROS do CONGRESSO) dos E.U.A., de Fevereiro de 1913, p.3263.

Enviado por: Rogério  |  Data: Qua, 05/04/2017 às 08h23   

Copérnico era um adorador do Deus sol.
O objetivo da maçonaria é mentir publicamente e manter a verdade sobre a custódia desses adoradores do sol.

"Todo o mistério deve ser mantido escondido, guardado por fiéis em silêncio, para que não se divulgue inconsideravelmente a os ouvidos dos Profanos... Não é dado a todos a contemplar as profundezas de nossos mistérios, que não pode ser visto por aqueles que não deveria contemplá-los; nem recebido por aqueles que não podem preservá-los." - Albert Pike, Maçom grau 33, Morals and Dogma
"Mas tendo descido até Hades por causa de sua esposa e vendo que tipo de coisas estavam lá, ele não continuou a adorar Dionísio, por causa de quem ele era famoso, mas ele pensava Helios para ser o maior dos deuses, Helios quem ele também identificava como Apollo." Catasterismi (Eratosthenes), seção 24

"O seu comandante é o anjo do abismo profundo, cujo nome em hebraico é Abadom, e em grego é Apolion." Apocalipse 9:11

Apolion. O nome grego, que significa "destruidor" em Apocalipse 9:11 para "anjo do abismo profundo" (em hebraico chamado Abaddon), também identificado como o rei dos gafanhotos descritos em Apocalipse 9:3-10. Em um manuscrito, em vez de Apollyon o texto lê "Apollo", o deus grego da morte e da peste, bem como do sol. O nome de Apollo (gr Apollon) foi muitas vezes ligados em escritos gregos antigos com o verbo Apollymi ou apollyon, "destruidor".

Helios = Apollyon = Apollo = Abaddon = Satanás

Para entender por que uma profecia tão fantasiosa sobre o deus-sol Apollo, filho de Júpiter, retornando à terra deve ser importante para você, na literatura antiga, "Júpiter" era o substituto romano de Yahweh (Deus) como o maior dos deuses, um anti-Deus. Seu filho Apollo é um substituto de Jesus, um "anticristo". Apollo vem para governar o final dos tempos quando "Justiça retorna, e retorna o reinado do velho Saturno [o planeta regente de Satanás]. Saturno, o senhor dos aneis (quem controla o anel, controla tudo - entenderam agora?).

"Que ninguém de forma alguma vos engane; pois isso não se dará sem que antes venha uma grande revolta contra Deus e se revele aquele homem que encarnará em si mesmo o pecado, que será o filho da perdição [perdition; Apoleia; Apollyon, Apollo]." 2 Tessalonicenses 2:3

Heliocentrismo é na sua essência Apollonismo, ou mais explicitamente, anticristianismo [Satanismo].

Antes do retorno do filho de Júpiter, Apollo tem estabelecido seu universo através das seitas ocultistas (maçonaria, rosacruz, iluminismo, etc), o sistema heliocentrista, como as "boas vindas", colocando-o no centro, acima da criação de Deus. Heliocentrismo é adoração ao anticristo, o filho da perdição, Apollo, o destruidor. O anticristo não pode estabelecer seu sistema de governo mundial num universo criado por Deus, então ele criou o seu próprio e agora é chamado de "ciência" para tentar disfarçar o óbvio - heliocentrismo é uma religião anticristã. O universo criado pelo anticristo para o anticristo.

A ÚNICA vez que a Bíblia cita "planetas" foi na vez que esses astros eram adorados como deuses em cultos pagãos:

"O monarca deu instruções a Hilquias, o sumo sacerdote, e ao resto dos sacerdotes e guardas do templo para destruírem todo o mobiliário e material que serviu para o culto prestado a Baal, a Asera, ao Sol, à Lua e às estrelas. O rei queimou aquilo tudo nos terrenos do vale de Cedron, fora de Jerusalém, e levou as cinzas a Betel. Também matou os sacerdotes do culto idólatra, que tinham sido nomeados para tal pelos reis antecessores de Judá, pois que tinham queimado incenso nos nichos sobre as colinas, em toda a terra de Judá e mesmo em Jerusalém. Também esses tinham oferecido incenso a Baal e ao Sol, à Lua, às estrelas e planetas." 2 Reis 23:4-7

Aqui também encontramos provas que o sol não é uma estrela, caso contrário teria dito "Lua, às estrelas e planetas". A Bíblia cita sol e as estrelas como entidades separadas.


Enviado por: Rogério  |  Data: Qua, 05/04/2017 às 08h14   




   Pesquisar

   Arquivo

   Sobre mim
   Johannes G. Janzen é professor de engenharia na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Possui doutorado em Hidráulica e Saneamento pela Universidade de São Paulo com período sanduíche na Universidade de Karlsruhe, Alemanha. Tem experiência na área de Engenharia Civil e Ambiental com ênfase em Fenômenos de transporte e Hidráulica.

   Postagens mais recentes

   Postagens mais vistas

   Comentários recentes

   Palavras-chave

   Twitter

   Facebook

O conteúdo deste website, salvo indicações, é de uso exclusivo da
Sociedade Origem e Destino - Copyright © 2011